Cadaval petrolifero? Nada convencional!

 

A Australis espera pela licença de concessão na área do Cadaval, á qual se candidatou em 2013, se tal acontecer, a empresa espera perfurar nos 3 primeiros anos da concessão. Existem 17 locais específicos para exploração convencional, onde se focará o programa de perfuração. A empresa espera perfurar até aos 2,500 metros.

Num documento publicado na ENMC pode-se ler: “ Como empresa, reconhecemos que estamos cá convidados pelo governo português. Como tal a nossa intenção é operar de modo prudente em todos os aspetos do negócio.”

Australis: “Estamos empolgados com estas oportunidades”, disse, sublinhando que as áreas têm um potencial de exploração comercial de petróleo “altamente elevado”. declarou Ian Lusted ao jornal de negócios. O responsável sublinhou que a Australis Oil & Gas já verificou que existe potencial de gás natural nestas áreas, mas que “agora é preciso descobrir se conseguimos transformar isto num projecto comercial”.

Australis Oil and Gas Portugal foi constituída em Março de 2015, entre os seus vários elementos está Patric Monteleone fundador da Mohave Oil and Gas (Porto Energy) em 1993. Foi chefe executivo da corporação durante a fase de exploração até esta declarar  falência em 2012. A Mohave era a única corporação com programa de exploração on shore activo em Portugal nos últimos 10 anos.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s