FRACK M’ISTO!!! ( O ESPIRITO ANTI FRACKING). NÃO AO GÁS DE XISTO ( FRACKING)!!

D I Y || Z I N E S || C O M I X || E X P O S || C O N C E R T O S

Desta vez é nas Caldas na CASA BERNARDO.
A começar às 14h prolongando-se até à morte.

1536578_684280368303178_7106014_nA entrada é gratuita.

Para ter uma ideia da coisa, consultar o texto abaixo:

“Para quem se diz falecida, a FEIRA MORTA até que tem aparecido imenso. Como um fantasma que se recusa a ir para o céu, o evento fará sua terceira aparição nos dias 12 e 13 de Abril, no MUSEU CASA BERNARDO, nas Caldas da Rainha. Em vez de sustos, quem for vai encontrar um catálogo de zines, publicações alternativas e materiais de editoras independentes de todas as espécies, a exemplo do que já se passou por Lisboa.

Utilizando um método artístico, no meio de um fim de semana de artes de intervenção, apresentámos o tema da fractura hidráulica de forma adequada para o evento…. Montámos um vídeo, escolhemos uma musica de fundo (set de Victor Rua), personificámos a personagem e fizemos uma apresentação diferente…

Video criado para a acção: Part 1-– https://www.youtube.com/watch?v=AlfcCO-JiuM

Video da acção: https://www.youtube.com/watch?v=XOFWmStA2Ak

Video 2: Tela na Parede https://www.youtube.com/watch?v=As9_7jLwGns

Video 3:  Cartaz “O que vai na barriga do rei” pelo colectivo amortequero–  https://www.youtube.com/watch?v=2N9kTFZam3E

o que vai na barriga do rei (1)

Espírito dos indígenas de Turdulorum Oppida, despertado pelos trabalhos de prospecção para extração de petróleo e gás natural, com a técnica de Fractura hidráulica ( Fracking)e /ou Gun Anchor vem apelar ás raízes do amor humano. O Frack M’isto vem informar sobre as consequências do Fracking noutros locais do mundo e da intenção das corporações petrolíferas trazerem os seus males, destruição e crueldade para a área da antiga Turdulorum Oppida, hoje Zona Oeste ( parte norte da Extremadura portuguesa), e apelar para que se resista a esta violação dos caminhos para uma sociedade igualitária e sustentável

áreas como Alcobaça, Aljubarrota, Alenquer, Torres Vedras, Rio Maior, Peniche, S. Pedro de Muel, Cadaval, Bombarral e Caldas da Rainha estão nos planos de aquisição para exploração, tratamento e armazenamento de gás natural e petróleo não convencional.
Depois do que o Frack M’isto nos tiver para mostrar, teremos um debate sobre os trabalhos da industria petrolífera em Portugal. Falaremos dos locais onde se pensa extrair gás natural (shale gas) e/ou petróleo, das técnicas para os extrair, das suas consequências para o ecossistema ( incluindo o “Homem”).
Frack M’isto não fala nenhuma língua actual, portanto, vai-se utilizar a dança Butho como forma de expressão. Ao mesmo tempo ele será acompanhado por um Video em Português sobre o gás de xisto, e comentários dos investigadores e financiadores em Portugal.
Até lá … Informa-te… e vem conhecer o Frack M’isto e o Fracking (extração de gás de xisto).
Personificação por: Felizberto L. Trigado ( AKA Tox “João”)
O João está mentalmente desequilibrado. Daí deixar o evento para os seus heterónimos mais insurgentes…

Antes do inicio da acção artística de informação, houve uma pequena apresentação sobre o Acordo Transatlantico (TTIP) do grupo:  https://www.nao-ao-ttip.pt/

Anúncios

Existe uma luta de classes, claro. É a minha classe, a dos ricos que a começou, e estamos a ganhar! Warren Buffet

%d bloggers like this: