O (Des) acordo Transatlântico (TTIP

No caso da energia, o acordo destruirá todos os esforços – ténues que sejam –  levados a cabo por governos Europeus no combate às Alterações Climáticas. Especificamente, ao tornar o combustível obtido a partir do crude resultante da extracção de areias betuminosas (processo extremamente poluente, o Tar sand oil, é definido como crude “não convencional) no Canadá e o uso da técnica de fractura hidráulica (Hydraulic fracturing ou fracking, técnica altamente danosa através do qual se extrai gás de maciços de xisto argiloso) aceites na UE – permitindo a sua comercialização na Europa e assim fomentando o uso e desenvolvimento generalizados destas técnicas e tecnologias – deita-se por terra qualquer esperança de impor ou desenvolver o trabalho iniciado com os acordos de Quioto sobre as políticas energéticas dos Estados Membros.Resultado de imagem para ttipceta

http://www.jornalmapa.pt/2014/12/19/o-des-acordo-transatlantico-ttip/

Anúncios

Fracking & Não convencionais? Nem para a Minha Familia! Nem para Nenhuma Outra!!

%d bloggers like this: